Boas Vindas Ao Blog do Confiança Futebol Clube. Da Unha de Gato.

Olá, bem vindo ao Blog do Confiança Futebol Clube da Unha de Gato, onde você terá acesso a videos, fotos, e reportagens sobre o nosso time. Que entre os times amadores de Várzea Alegre-CE, está entre os melhores. Por isso, boa visita e desejamos que você comente nossas postagens.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Confiança vence apenas a partida principal

                 Neste último domingo, dia 29 de janeiro, o Confiança, da Unha de Gato, se deslocou até o Sítio Varas e viveu mais uma tarde de futebol, agradável, apesar de só a equipe principal ter vencido. O Terceirinho que vinha de derrota para o CRB, em seus próprios domínios, mais uma vez não encontrou seu bom futebol como de costume e sofreu sua segunda derrota consecutiva, coisa que não acontecia a muito tempo. Sem ter uma dupla de zaga formada, o Terceirinho vem sofrendo bastante com isso e vem deixando o técnico Zé Lobo bastante irritado, para ele, esse  é talvez  um dos motivos para que tenha tantas derrotas, pois ainda não conseguiu um companheiro para o vetarano Adir, que já tem quase 60 anos, mas ainda joga um bom futebol. Nem mesmo com  as mudança feitas no segundo tempo, com Rodrigo e Jaiano, entrando em lugares de Adriano e Rodrigo Carvalho, o time foi capaz de encontrar seu bom futebol, só conseguiu um golzinho num pênalti inexistente, convertido por Rodrigo e assim terminou em 3 a 1, para o Fluminense.

                 Já o segundo quadro jogou um bom futebol, de bons toques de bola, mas teve a infelicidade de levar um gol no início do jogo, numa falha bisonha da defesa do Confiança, onde a bola estava dominada pela zaga do Confiança que acabou batendo cabeça e deixou a bola de graça para o adversário marcar. Com isso O Segundão teve que correr atraz, mas nada deu certo, apesar de ter dominado a partida, não concluia as jogadas em gol e, para piorar, no final, mais uma vez, a defesa bate cabeça e deixa a bola livre para o adversário marcar e assim terminar o placar em 2 a 0.

                 O primeiro quadro, que vinha de um empate em 1 a 1, frente a equipe do CRB, fez uma partida extraordinária, jogando um futebol de alto nível, onde há muito tempo não joga uma partida com tanta qualidade e futebol bem jogado. Quando a partida estava bem equilibrado o Fluminense, das Varas(time da casa), abriu o placar. Poucos minutos depois, o árbitro deixou de marcar um recuo de bola para o goleiro, a favor do Confiança, provacando assim uma confusão, o meia Vaguinho saiu de sua calma e mansidão e foi para cima do árbitro reclamando acintosamente e acabou sendo expulso. O técnico Cláudio Valério, tirou seu time de campo, mas voltou a trás e a partida recomeçou e com o Confiança jogando muito. Pouco tempo depois, o árbitro expulsou também um jogador do Flu. Com iguldade numérica, o Confiança foi para cima e não demorou muito para empatou, o lateral-esquerdo Wendell, que foi um dos melhores em campo, ganhou na velocidade, driblou o marcador e da linha-de-fundo cruzou para Edigar empatar. Como o jogo era bastante disputado por parte das duas equipes, o Flu desempatou, em completo impedimento, mas o árbitro validou. Ainda no 1º tempo, o zagueiro Marcos saiu machucado e foi substituído pelo bom garoto Jaiano, que foi para o meio e Raimundinho voltou pra zaga. Minutos depois, em boa jogada, o meia Rodrigo, um dos destques, empatou novamente e, assim deixando tudo igual na etapa inicial. No intervalo, Cláudio Válério, sacou o lateral-direito Miguel e colocou Taiano, com a substituição, Taiano trocou de posição com o irmão-gêmeo Jaiano, com isso deram muita movimentação ao meio-campo e laterais e o Confiança tomou conta do jogo e o inspirado Edigar, colocou o time do Confiança em vantagem, marcando mais dois gol e fazendo 4 a 2. O jogo se tornava tão fácil que o Confiança poderia ter feito mais se tivessem caprichado um pouco mais. O lateral-eaquerdo Wendell, puxou um cotra-ataque rápido e teve tudo pra ampliar para cinco a dois, mas se precipitou e bateu fraquinho, facilitando a defesa do goleiro. O fluminense ainda fez mais um e teve tudo para empatar num pênalti inexistente, mas o cobrador mandou para longe do gol e assim terminou em 4 a 3, para o Confiança.

 

CONFIANÇA:

1. Salvino

2. Miguel ( Taiano)

3. Marcos  ( Jaiano)

4. Clairton

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Jocildo

10. Vaguinho

11. Rodrigo

14. Galego

9. Edigar                         Téc.: Cláudio Valério

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Confiança  x  CRB

Dia 22/01/2012

CONFIANÇA DÁ SHOW NO RIACHO VERDE

 

O Confiança, da Unha de Gato, visitou o São Jorge, do Riacho Verde, neste último domingo e, teve um bom desempenho nos três quadros, a começar pelo Terceirinho, que mais uma vez fez boa partida. O jogo começou com o time da casa pressionando, mas logo os visitantes equilibraram o jogo e Maycon abriu o placar, daí o Tercerinho passou a mandar no jogo, e quando era melhor, sofreu o gol de empate, numa combrança de falta, apesar do gol irregular, mas árbitro fez vista grossa. No segundo tempo, o técnico Zé Lobo, fez várias mudanças, reforçou a marcação e ganhou criatividade no meio-campo. Sem sofrer qualquer perigo de gol, o time de Zé Lobo foi pra cima e de novo Maycon fez boa jogada e fez o gol da vitória. O próprio Maycon ainda teve outra bela chance de ampliar, mas preferiu tocar para o garoto Antônio Carlos, mas o passe não saiu legal e o goleiro chegou mais rápido. Jaiano que entrou na etapa final, também perdeu um gol praticamente feito assim o jogo terminou com vitória do Terceirinho do Confiança por 2 a 1.

DSC00747Antônio Carlos, atacante do 3º Quadro.

O Segundão, comandado por Valdeni, voltou a jogar seu bom futebol de toques de bola e muita movimentação. Desde o início da partida, o time vistante mandava no jogo. Logo aos 10 minutos de partida, em uma jogada bastante trabalhada, Taiano recebeu na área e  em grande estilo marcou um golaço. Mesmo sendo dono absoluto do jogo, o Segundão sofreu o gol de empate ainda no primeiro tempo, numa falha do goleiro Antônio Nílton. No segundo tempo, a equipe visitante continuou mandando no jogo mas não conseguia marcar. Quando tudo parecia terminar empatado, o meia Jéfferson, fez um lançamento extra-ordinário de logo distância, o bom atacante Bruno, dominou com perfeição ganhou do zagueiro e tocou para Maycon, que apareceu em velocidade e deu a vitória ao Segundo do Confiança. O Segundo quadro, do Confiança, vem jogando um bom futebol a muito tempo e raramente perde.

DSC00750Jaiano, meia do 2º Quadro.

 

O primeiro quadro, a muito tempo não encontrava tanta facilidade para jogar, com um time bem armado e com uma defesa bastante segura, apesar de um dos zagueiros ter a penas 14 anos, mas até o momento em que esteve em campo, não deixou a desejar. Com uma defesa muito fraca por parte do adversário, dava-se impressão de que o time visitante golearia sem dificuldade, aos 19 min. num bate-rebate, Vaguinho aproveitou a sobra e abriu o placar para o Confiança. Depois de uma jogada pela direita, o atacante Antônio Nílton, teve que deixar o campo, sentino muitas dores, em seu lugar, entrou o garoto Taiano, deslocando o meia Rodrigo para o ataque, que minutos depois fez ótima jogada e deixou Fábio Bala na cara do gol, o goleiro fez bela defesa, mas no rebote, Fábio concluiu e assim terminava o primeiro tempo em 2 a 0. No segundo tempo, o jogo estava muito fácil para o Confiança, com jogadas rápidas pelo o meio e a velocidade de Fábio Bala pela direita, o time abusou de perder gols, com Fábio por diversas vezes e Rodrigo. Mas como quem não faz, leva, o time da casa diminuiu e no final do jogo, veio um balde de água fria, numa falha do bom goleiro Jéfferson, o time da casa empatou. O time do Confiança foi visivelmente prejudicado pelo árbitro que parava o ataque do Confiança a todo momento, enquanto que  o mesmo não acontecia com o time da casa, é tanto que o gol de empate estava impedido, mas ele nada marcou.

DSC007511º Quadro do Confiança no Riacho Verde.

CONFIANÇA:

1. Jéfferson

2. Mauricélio

3. André ( Jaiano )

4. Eliano

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Edigar

10. Vaguinho ( Bruno )

11. Rodrigo

7. Antônio Nílton ( Taiano)

13. Fábio Bala

 

Técnico: Cláudio Valério

sábado, 14 de janeiro de 2012

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Confiança faz um péssimo primeiro tempo e não vence a Ponte do Brejo

Depois de mais de um mês fora dos campos, o Confiança, da Unha de Gato voltou as suas atividades neste último domingo, dia 08 de janeiro, diante da Ponte Preta, do Brejo. O Terceirinho comandado por Zé Lobo, teve uma boa atuação.  Sua última partida teria sido justamente contra a Ponte, onde teria sido derrotado por 2 a 0. Mas desta vez o Terceirinho conseguiu dar o troco e até com um placar maior, 3 a 1. Com grande partida do garoto Antônio Carlos, de 13 anos,  a vitória veio sem muita dificuldade, logo aos 12 minutos de partida, Antônio Carlos recebeu de costa para o gol, dentro da pequena área, girou e bateu no contra-pé do goleiro para fazer 1 a 0; pouco tempo depois, num bate-rebate na área de novo estava ele, Antônio Carlos para ampliar para 2 a 0. Os gols eram mesmo familiar, ainda no 1º tempo, Agacion que é tio do garoto marcou o 3º, e assim o 1º tempo terminou em 3 a 0. No intervalo, Zé Lobo fez algumas mudanças,uma delas foi a troca do  meia Wendell pelo  o outro meia, Rodrigo, que a muito tempo não jogava, logo que Rodrigo tocou na bola, teve ótima chance de fazer o 4º gol, driblou toda defesa, mas demou concluir e foi travado na hora do chute. As mudanças parecem não ter sortido efeito, mas é que o time adversário também fez muitas  mudanças e o time Ponte Pretano diminuiu para 3 a 1, placar do jogo.

O Segundão que também teria jogado sua última partida com a Ponte, era o único que não havia perdido, tinha empatado em 1 a 1. Desta vez reecontrou o seu bom futebol, de toque de bola e jogadas rápidas. No primeiro tempo, o zagueiro da Ponte, abriu o placar, para o Confiança, num gol contra. Ainda no 1º tempo, o goleiro Antônio Nílton, saiu jogando mal e tocou nos pés do atacante Maycon, que dominou e bateu por cima, de fora da área fazendo um golaço. Ainda no 1º tempo, o árbitro Cláudio Valério que teve uma atuação desastrosa, deixou de marcar um pênalti claro em cima de Maycon, sem contar que ele deixou o jogo correr solto e os  adversários bateram como quiseram. No segundo tempo, o jogo se tornou muito equilibrado, numa falha do zagueiro Ândrio, a ponte conseguiu diminuir e quase empata, numa bobeira do goleiro Paulo Henrique, que quis driblar o adversário e acabou perdendo a bola, mas Ândrio que havia falhado momentos antes, salvou o gol de empate e, assim terminou em 2 a 1.

Já o primeiro quadro, que havia perdido por 6 a 5, para a Ponte, em jogo de muitos gols, por conta que o Confiança jogava sem goleiro, apenas com um zagueiro no gol, desta vez não foi possível devolver a derrota, pois o Confiança teve um 1º tempo terrível, onde quase só assistiu o adversário jogar e, numa falha do garoto André de 14 anos, a Ponte abriu o placar. Mesmo jogando muito mal, o Confiança teve tudo para marcar, com Paulo Henrique que chutou para fora. Depois marcou um gol legítimo, mas o árbitro preferiu não dar vantagem e sim marcar falta, prejudicando o time da casa. Ainda no 1º tempo, Paulo Henrique obrigou Antônio Nílton fazer grande defesa e garantir o placar de 1 a 0, da etapa inicial. No 2º tempo, a Ponte Preta teve tudo para ampliar para 2 a 0, quando o árbitro Ândrio, marcou pênalti a favor da Ponte, mas o goleiro Jéfferson fez dois milagres seguidos, defendendo o pênalti e o rebote quase debaixo do gol.  Com isso o Confiança resolveu acordar e os laterais Wendell e Mauricélio, estragaram com a partida e a Ponte Preta fez o que o Confiança havia feito no 1º tempo, assistir o adversário jogar e depois de uma cobrança de escanteio, num bate-rebate, Vaguinho empatou; e o Confiança não virou momentos depois porque o erro  de arbitrgem do 1º tempo se repetiu, de novo Paulo Henrique saiu na cara do gol, depois de sofrer falta, mas o árbitro paralisou e deu falta, mais uma vez prejudicando os donos da casa. E assim o jogo terminou empatado em 1 a 1.

CONFIANÇA:

1. Jéfferson

2. Mauricélio

3. Marcos ( Clairton)

4. André

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Edigar

10. Vaguinho

11. Rodrigo

7. Paulo Henrique

9. Carlinhos                                            Téc.: Cláudio Valério                 Árbitro: Salvino (Ândrio)

 

terça-feira, 3 de janeiro de 2012