Boas Vindas Ao Blog do Confiança Futebol Clube. Da Unha de Gato.

Olá, bem vindo ao Blog do Confiança Futebol Clube da Unha de Gato, onde você terá acesso a videos, fotos, e reportagens sobre o nosso time. Que entre os times amadores de Várzea Alegre-CE, está entre os melhores. Por isso, boa visita e desejamos que você comente nossas postagens.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

CONFIANÇA DAR SHOW FORA DE CASA
neste último domingo, dia 11 de novembro, o Confiança da Unha de Gato foi até a Cachoeira Dantas, enfrentar o Nova Geração daquela locidade e deu um show de bola. Dos três quadros, o único que não se deu tão bem foi o Terceirinho que tem o comando do simpático e modesto Zé Lobo. Apesar de dominar o jogo o tempo todo, arrancou somente um empate em 1 x 1, com um gol contra. O Terceirinho jogava bem e criava boas chances para ampliar, coisa que não conseguia pela falta de pontaria de seus atacantes. O gol do Confiança aconteceu ainda no 1º tempo, mas quando quando tudo se encaminahava para mais uma vitoria, o garoto Gleicivan, perdeu a bola na entrada da área adversária e num contra-ataque sofreu o empate.
Já o 2º quadro, comadado pelo divertido Valdeni, que vinha de uma vitória magra, frente ao Paysandu da Varjota por 1 x 0, jogando em casa, não encontrou digiculdade goleou com muita facilidade. Logo no início do jogo, Kélvin fez boa jogada pela direita, cruzou na medida para Maycon pegar de primeira e abrir o placar. Pouco tempo depois, Kélvin sofreu pênalti e Robson bateu sem chance para o goleiro, fazendo 2 x 0. Depois de dar uma assistência e sofrer um pênalti, Kélvin ampliou para 3 x 0. No segundo tempo, o time continuou mandando no jogo e abusando de perder gol com Ely, Jefferson, Anderson Viana e cia., mas como estava muito fácil, Jefferson que abusava de fazer gracinha querendo fazer gol de placa, fez o 4º e o estreiante Anderson Viana fechou a goleada em 5 x 0. Valdeni falou que ficou muito satisfeito não somente pela goleada, mas pelo bom futebol apresentado pela equipe por ele comadada. Disse ainda que Ely não foi surpresa, pois ja tinha visto jogar e conhecia seu bom futebol jogado com raça. O Anderson, ainda era desconhecido, mas mostrou bom futebol e fez até gol, concluiu Valdeni.
O 1º quadro que ao contrário do 2º , vinha de derrota para o Paysandu por 1 x 0, também encontrou um jogo fácil, logo aos 10mn. em jogada pelo meio, Vaguinho bateu forte, o goleiro deu rebote e Jaiano bateu fraco mas ogoleiro aceitou, e assim o Confiança abria o placar. Pouco tempo depois, Vaguinho em boa cobrança de falta fez 2 x 0. O Confiança dominava o jogo e criava chances de gol a toda hora, mas acabava errando nas finalizações. Como o Confiança não aproveitava as chances, o time da casa diminuiu depois de uma cobrança de falta próximo a área quando o goleiro Jefferson esperava pela formação da barreira, a falta foi cobrada e um jogador de baixa estatura cabeçeou no ângulo sem chance alguma para Jefferson. Ainda no primeiro tempo, o bom volante Edson, deu um chute despretencioso, mas o goleiro novamente aceitou, e assim terminava a primeira etapa em 3 x 1. No segundo tempo, o Confiança voltou dominando as ações. Se a coisa estava fácil, ficou ainda mais quando dois jogadores do time da casa se desentenderam com o árbitro e foram foram expulsos e com as expulsões um outro jogador deixou o campo e o Confiança passou a jogar com 03 jogadores a mais, mas para evitar qualquer transtorno, o Confiança resolveu só tocar a bola e não fez mais gols, para não deixar o time adversário nervoso e respeitando a diretoria que tão bem nos acolheu e fazendo boas arbitragens nos três quadros, e assim terminou em 3 x 1, todos os gols sairam no primeiro tempo. O Confiança teve a importante volta do bom jovem zagueiro Donizete que eatava afastado dos campos a mais de um ano, pois o mesmo havia abandonado o futebol, apesar de tão jovem, mas o mesmo percebeu que não estava certo e que o mesmo faria muita falta nos campos Varzealegrenses e por isso voltou a jogar e voltou em alto estilo de jogo, dando segurança a zaga do Confiança e ajudando a construir uma bela vitória.
CONFIANÇA:
1. Jefferson
2.
Marcos
3. Raimundinho
4. Donizete
6. Wendell
5. Edson
8. Taiano
10. Vaguinho
7. Jaiano
11. Rodrigo
7. Jaiano Téc. Cláudio Valério

CONFIANÇA DAR SHOW FORA DE CASA<br /><br />neste último domingo, dia 11 de novembro, o Confiança da Unha de Gato foi até a Cachoeira Dantas, enfrentar o Nova Geração daquela locidade e deu um show de bola. Dos três quadros, o único que não se deu tão bem foi o Terceirinho que tem o comando do simpático e modesto Zé Lobo. Apesar de dominar o jogo o tempo todo, arrancou somente um empate em 1 x 1, com um gol contra. O Terceirinho jogava bem e criava boas chances para ampliar, coisa que não conseguia pela falta de pontaria de seus atacantes. O gol do Confiança aconteceu ainda no 1º tempo, mas quando quando tudo se encaminahava para mais uma vitoria, o garoto Gleicivan, perdeu a bola na entrada da área adversária e num contra-ataque sofreu o empate.<br /><br />Já o 2º quadro, comadado pelo divertido Valdeni, que vinha de uma vitória magra, frente ao Paysandu da Varjota por 1 x 0, jogando em casa, não encontrou digiculdade  goleou com muita facilidade. Logo no início do jogo, Kélvin fez boa jogada pela direita, cruzou na medida para Maycon pegar de primeira e abrir o placar. Pouco tempo depois, Kélvin sofreu pênalti e Robson bateu sem chance para o goleiro, fazendo 2 x 0. Depois de dar uma assistência e sofrer um pênalti, Kélvin ampliou para 3 x 0. No segundo tempo, o time continuou mandando no jogo e abusando de perder gol com Ely, Jefferson, Anderson Viana e cia., mas como estava muito fácil, Jefferson que abusava de fazer gracinha querendo fazer gol de placa, fez o 4º e o estreiante Anderson Viana fechou a goleada em 5 x 0. Valdeni falou que ficou muito satisfeito não somente pela goleada, mas pelo bom futebol apresentado pela equipe por ele comadada. Disse ainda que Ely não foi surpresa, pois ja tinha visto jogar e conhecia  seu bom futebol jogado com raça. O Anderson, ainda era desconhecido, mas mostrou bom futebol e fez até gol, concluiu Valdeni.<br /><br />O 1º quadro que ao contrário do 2º , vinha de derrota para o Paysandu por 1 x 0, também encontrou um jogo fácil, logo  aos 10mn. em jogada pelo meio, Vaguinho bateu forte, o goleiro deu rebote e Jaiano bateu fraco mas ogoleiro aceitou, e assim o Confiança abria o placar. Pouco tempo depois, Vaguinho em boa cobrança de falta fez 2 x 0. O Confiança dominava o jogo e criava chances de gol a toda hora, mas acabava errando nas finalizações. Como o Confiança não aproveitava as chances, o time da casa diminuiu depois de uma cobrança de falta próximo a área quando o goleiro Jefferson esperava pela formação da barreira, a falta foi cobrada e um jogador de baixa estatura cabeçeou no ângulo sem chance alguma para Jefferson. Ainda no primeiro tempo, o bom volante Edson, deu um chute despretencioso, mas o goleiro novamente aceitou, e assim terminava a primeira etapa em 3 x 1. No segundo tempo, o Confiança voltou dominando as ações. Se a coisa estava fácil, ficou ainda mais quando  dois jogadores do time da casa se desentenderam com o árbitro e foram  foram expulsos e com as expulsões um outro jogador deixou o campo e o Confiança passou a jogar com 03 jogadores a mais, mas para evitar qualquer transtorno, o Confiança resolveu só tocar a bola e não fez mais gols, para não deixar o time adversário nervoso e respeitando a diretoria que tão bem nos acolheu e fazendo boas arbitragens nos três quadros, e assim terminou em 3 x 1, todos os gols sairam no primeiro tempo. O Confiança teve a importante volta do bom jovem zagueiro  Donizete que eatava afastado dos campos a mais de um ano, pois o mesmo havia abandonado o futebol, apesar de tão jovem, mas o mesmo percebeu que não estava certo e que o mesmo faria muita falta nos campos Varzealegrenses e por isso voltou a jogar e voltou em alto estilo de jogo, dando segurança a zaga do Confiança e ajudando a construir uma bela vitória.<br /><br />CONFIANÇA:<br />1. Jefferson<br />2. @[100001889982955:2048:Marcos]<br />3. Raimundinho<br />4. Donizete <br />6. Wendell<br />5. Edson<br />8. Taiano<br />10. Vaguinho<br />7. Jaiano<br />11. Rodrigo <br />7. Jaiano                   Téc. Cláudio Valério

sábado, 20 de outubro de 2012

         CONFIANÇA 

                  x

FLUMINENSE  - Varas

CONFIANÇA FUTEBOL CLUBE– SÍTIO UNHA DE GATO

CONFIANÇA DEPOIS DE PARALIZAÇÃO  MOSTRA BOM FUTEBOL

NO ÚLTIMO DOMINGO, DIA 14 DE OUTUBRO, O CONFIANÇA RECEBEU A PONTE PRETA DO BREJO. Apesar de a mais de dois meses fora dos campos devido a campanha política, o Confiança surpreendeu na todos mostrando um bom futebol. O 3º quadro vencia por 2 x 0, mas permiyiu o empate da Ponte. O 2º quadro fez ótima partida e venceu por 4 x 1. Já o 1º quadro venceu por 2 x 0, com gols de Taiano e Rodrigo. Neste próximo domingo, dia 21, o Confiança receberá o Fluminense das Varas.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

sexta-feira, 27 de julho de 2012

O Confiança da Unha de Gato só voltará a jogar no mês de agosto. Com essa campanha política, poucos amistosos acontecerão com essa equipe.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

CONFIANÇA

           X

PARMA  -  Novo Jordão

 

27 / 05 2012

segunda-feira, 14 de maio de 2012

CONFIANÇA MATÉM

ESCRITA DE JOGAR BEM NO JATOBÁ

                Sobre os olhares do camandante Antônio Dalua, do Confiança, da Unha de Gato no Campeonato Municipal 2012, o Confiança foi ao Jatobá e fez uma boa exibição, à começar pelo terceirinho que apesar de não ter saído de um empate, fez boa exibição, dominou a partida inteira e abusou de perder gol no primeiro tempo, com Manoel, Kelvin, Rafael e Antônio Carlos. No intervalo o téc. Zé lobo sacou Carlinho e colocou ândrio, que fora de forma aguentou alguns minutos em campo e deu lugar a Jefferson. Como diz o ditado: “quem não faz leva”, não deu outra, levou um gol e se desestabilizou um pouco. Zé Lobo tirou o garoto Antônio Crlos e colocou o meia-atacante Bruno que que força ao ataque e deixou tudo igual. Já segundo quadro que sofre poucas derrotas, apesar de vir de uma goleada de 3 x 0, no último jogo, foi único que saiu derrotado. A equipe de valdeni, fez um bom primeiro tempo, mas no segundo, ele fez duas mudanças, uma proveitosa, que foi a saída de Mauricélio, para a entrada de Jorge, apesar de ousada; a outra foi desastrosa, tirando Edinho e colocando o garoto Valjhones que não ajudou, mas atrapalhou. O segundão té teve chance de emapatar, em boa jogada de Jorge, mas ele preferriu rolar para Valdeni que disperdiçou, e assim saiu derrotado por 1 x 0.

                O primeiro quadro fez uma boa apresentação. No primeiro tempo às duas equipes fizeram um jogo truncado e com poucas chances de gol para ambas às equipes, só que a equipe da casa foi mais feliz e no final da etapa inicial abriu o placar com um gol irregular, mas o árbitro validou. No intervalo, Dalua fez uma mudança, tirou Vaguinho e colocou Jorge que deu velocidade e movimentação ao time, só a péssima atuação do árbitro fez com que o Confiança não vencesse. Jorge fez ótima jogada pel esquerda, sofreu pênalti claríssimo e o árbitro deu  cartão amarelo. O Confiança mandou pressionou o adversário e em cobraça de falta, Rodrigo empatou. O árbitro ainda parou um lance que resultaria em gol se não tivesse marcado impedimento que não houve e assim a partida terminou em 1 x 1.

 

NOTA PARA OS JOGADORES DO CONFIANÇA:

Jefferson -  fez boas defesas mas teve um pouco de culpa no gol. Nota 6.0

Mauricélio – bom na marcação, mas não apoiu o ataque. Nota 5.0

Zeli – improvisado, mas se saiu bem. Nota 6.0

Raimundinho – tranquilo e consciente do que fazia. Nota 6.0

Wendell – apesar de vascilado no lance que orinou o gol adversário, fez boa partida., defendeu e foi ao ataque. Nota 5.5

Rodrigo – cumpriu o seu papel e fez o gol de empate. nota 7.0

Edigar – não repetiu seu bom futebol, mas não jogou mal. Nota 6.0

Vaguinho – pouca movimentação . Nota 4.0

Bruno -  apesar de ter voltado muito para marcar, fez bom 1º tempo, no 2º caiu de produão e foi substitído. Nota 6.5

Fábio Bala  -  pouco acionado, não teve culpa de ter pouco pegado na bola. Nota 4.0

Carlinho  -  Não foi tão bem, mas fez o seu papel. Nota 5.5

Jorge  -  deu cara nova ao time . Nota 7.0

Jaiano -  pouco tempo em campo. Nota 4.0

Técnicos: Cláudio e Dalua, nota 8.0

quarta-feira, 9 de maio de 2012

segunda-feira, 30 de abril de 2012

AZULÃO  - SC  X  CONFIANÇA  - 29/04/2012

NOTA PARA OS JOGADORES:

NEGUINHO -  a única bola chutada no gol foi de longa distância e ele falhou terrivelmente. Nota 0

ANDRÉ  -  começou de lateral-direito, depois voltou para sua posição original que é zagueiro e deu conta do recado. Nota 7.0

ELIANO  -  Jogou em três posições e foi bem. Nota 6.0

RODRIGÃO  -  Muito seguro e tranquilo, foi bem nas divididas e arrancadas. Nota 7.0

WENDELL  -  Talvez pela brutalidade do jogo, por parte dos adversários, se omitiu em jogar. Nota 4.0

RAIMUNDINHO  -  Não repetiu o seu futebol de sempre, mas não jogou mal. Nota 6.5

EDIGAR -  Meio sonolento, mas  fez boas jogadas. Nota 6.5

VAGUINHO  -  Nervoso e sem confiança, errou todas as cobranças de falta e chutes com bola rolando. Nota 2.0

ZELI  -  Sua 1ª partida, não deu pra exigir muito. É esforçado e tem bom toque de bola. Nota 5.0

CARLINHO  -  Distante daquele Carlinho que conhecemos. Nota 5.0

BRUNO -  Caçado e massacrado em campo. ousado como sempre e sem medo de cara feia. Nota 8.0

segunda-feira, 16 de abril de 2012

CONFIANÇA FAZ JOGO DURO E EMPATA

Neste último domingo, dia 15 de abril, o Confiança, da unha de gato, recebeu os três quadros do verdão, do São caetano. Foi uma tarde de futebol muito disputado e poucos gols em ambos os quadros, a começar pelo Terceirinho que apesar de jogar bem, dominar a partida, saiu derrotado por 1 a 0. O Segundão enfrentou uma das partidas  mais complicadas desta temporada, jogo disputado e as vezes desleal. Saiu perdendo no primeiro tempo, por 1 a 0, mas a mudança do técnico Valdeni fez efeito, ele trocou Mailson por Bruno, que deu movimentação no jogo e empatou fazendo um golaço, e por muito pouco não virou. Já o primeiro, parecia encontrar jogo mais fácil, logo no início, Bruno sofreu falta na intermediária e Vaguinha abriu o placar em bela ncobrança. Ainda no primeiro tempo, sofreu o empate.  O árbitro Salvino deixou o jogo correr solto e a violência se fez presente em alguns lances, ainda no primeiro tempo, o lateral esquerdo Wendell sofreu falta violenta por traz e sem bola, o árbitro nem sequer adivertiu o agressor. Carlinhos também foi vítima de entrada violenta e de novo o árbitro não expulsou. O garoto Bruno, uma das novidades para o campeonato, apanhou o tempo todo, sofreu pênalti, mas o árbitro via tudo normal. Edigar que é um jogador calmo, simples, não reclama, resolveu falar, quando foi puxado na área e Salvino deixou o lance seguir normalmente. Afinal, foi um jogo duro, complicado, mas de grande emoção.

CONFIANÇA:

1. Jefferson

2. Marcos (Clairton)

3. André

4. Rodrigão

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Carlinho

10. Vaguinho

7. Bruno (Mauricélio)

13. Fábio Bala (Jaiano)

9. Edigar                              Téc. Cláudio Valério

quarta-feira, 4 de abril de 2012

terça-feira, 27 de março de 2012

 

  CONFIANÇA   

                 x                                                     VILA REAL                                                    

sábado, 17 de março de 2012

segunda-feira, 12 de março de 2012

CONFIANÇA JOGA BEM MAS PERDE OS TRÊS QUADROS

               O Confiança, da Unha de Gato foi até o São Caetano enfrentar o Verdão e apesar de jogar bem, não conseguiu sequer empatar uma das três partida. O Terceirinho, que vinha de vitória frente a portuguesa, do Graiada, não repetiu o mesmo futebol, logo no início da partida sofreu um gol, mas poucos minutos depois conseguiu empatar com um bonito gol do garoto Antônio Carlos. Com o empate, o time melhorou bastante e teve chance de virar com Nena que invadiu a área mas custou concluir e foi travado na hora do chute. O Terceiro do Verdão desempatou e no segundo tempo ampliou para  3 x 2, num pênalti inexistente, onde poucos minutos antes, o árbitro deixou de marcar um pênalti claríssimo a favor do Confiança, sem contar que o primeiro gol do Verdão estava em completo impedimento. O técnico Zé Lobo ganhou três reforços para o seu time, o lateral direito Nilberto e o versátil volante Maurício, os mesmos estreiam no próximo domingo.

                O Segundão teve a volta do seu comandante Valdeni, mas continuou desfalcado do meia atacante Jéfferson. Apesar de ter sido derrotado, jogou muito bem, mas os erros de arbitragem contibuiram para a derrota, sendo um deles a expulsão de Taiano, que deixou o time com um a menos. Taiano disse que fez reclamações normais como os demais fizeram por conta dos erros da do árbitro, mas sobrou para ele, e assim dificulltou para o time chegar pelo menos ao empate. Quando o jogo estava ainda no início, o lateral Agacion errou um passe de meio metro e pegou a defesa desguarnecida e não deu outra, gol do Verdão e ainda no primeiro tempo ampliou para 2 a 0. No segundo tempo, o Segundão foi pra cima, e quando era melhor em campo, o lateral esquerdo Edimar cometeu pênalti e o Verdão fez o terceiro.  O atacante Paulo Henrique foi o destaque do jogo marcando os dois gols do Confiança.

                Desfalcado do goleiro Jéfferson, do zagueiro André e dos atacantes Antônio Nílton e Fábio Bala, quem não viu a partida, parece não acreditar que foi uma das melhores feita pelo Confiança nesta temporada, o placar de 3 a 2, não condiz com o o resultado, pois o Confiança jogou muito bem. No primeiro tempo o time não se houve tão bem, mas mesmo assim perdeu algumas oportunidades. No início da partida, a defesa se posicionou mal e Paulo Victor abriu o placar. Aos poucos o Confiança foi se encontrando e até teve chance de empatar, mas o Verdão, de novo foi quem marcou. O Confiança ia pra cima, mas com cautela, pois o improvisado Salvino que substituia o ótimo goleiro Jéfferson, não passava confiança no gol. Ainda no primeiro tempo, o zagueiro Clairton fez falta dentro da área, mas o árbitro deu falta em dois lances e mesmo assim o Verdão fez o terceiro. No intervalo do jogo, o téc. Cláudio Valério, tirou o zagueiro Marcos e o meia Jocildo e colocou os gêmeos Taiano e Jaiano. Com as mudanças o time cresceu, ganhou velocidade e marcação, foi pra cima e dominava o jogo com certa facilidade, com boas jogadas do lateral esquerdo Wendell, dos meias Vaguinho e dos atacantes Edigar,  Rodrigo e Paulo Henrique o Confiança dava trabalho para a defesa do time da casa, até que Vaguinho acertou um chutaço de fora da área e diminuiu para 3 a 1. Pouco tempo depois foi a vez de Edigar acertar outro chutaço de fora da área e e diminuir para 3 a 2. Quando o time buscava o gol d empate, o lateral direito Mauricélio cortou mal e tocou para o atacante do Verdão ampliar para 4 a 2. Mesmo assim o Confiança não desistiu e Paulo Henrique fez o terceiro. Próximo ao fim da partida Mauricélio fez boa jogada, entrou na área mas concluiu muito mal. Depois foi a vez de Rodrigo que também fez ótima jogada, ganhou do zagueiro, entrou na área e quase debaixo do gol chutou em cima do goleiro e assim desperdiçou uma ótima chance de empatar.                                                                                                                                                                

Com a ausência dos atacantes Antônio Nílton e Fábio Bala, o técnico Cláudio Valério se mostrou bastante irritado e disse que não contará mais com esses dois jogadores, e vai colocar no time de cima, os garotos Taiano e Jaiano e assim preparar o time para o campeonato Municipal 2012.

CONFIANÇA:

1. Salvino

2. Mauricélio

3. Marcos ( Taiano )

4. Clairton

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Jocildo ( Jaiano )

10. Vaguinho

11. Rodrigo

9. Paulo Henrique

7. Edigar.                                                Téc. Cláudio Valério

sábado, 10 de março de 2012

terça-feira, 6 de março de 2012

CONFIANÇA, DA UNHA DE GATO FAZ FESTA NO GRAIADO.

 

              O Confiança, da Unha de Gato deu um show de bola, no Sítio Graiada diante da Portuguesa local, no último domingo, a começar pelo Terceirinho que a mais de um mês não sabia o que era vencer. Neste último domingo, aproveitou a fragilidade do time adversário e reencontrou o caminho da vitória, com um gol solitário do atacante de 13 anos, Antônio Carlos. O técnico Zé Lobo mostrou-se satisfeito com o que viu em especial com o garoto Rafael que entrou no segundo tempo e mostrou habilidade em troca de passes com Antônio Carlos e um bom futebol, com isso, o garoto deixou Zé Lobo com uma certeza: será titular contra o Verdão do São Caetano, neste próximo domingo. Aos poucos, Zé Lobo vai encontrando o time ideal para voltar a vencer.

            O Segundão que tem o comando de Valdeni, já vem há bastante tempo mostrando bom futebol, e domingo passado não foi diferente, conseguiu mais uma vitória.  Sem o comandante Valdeni, os próprios jogadores  armaram o time e deu certo. Com um meio-campo formado por bons jogadores como Raimundinho, Jaiano, Jocildo e Wendell,  e com um ataque formado por Taiano e Maycon, o time não pode mostrar um bom futebol como de costume, devido as péssimas condições do campo, muito estreito e forrado de pedrinhas, assim dificultando o toque de bola, mas jogou o suficiente para vencer. Ainda no 1º tempo, Maycon fez sensacional jogada, driblando o zagueiro e deixando Taiano livre para fazer  1 x 0.  No 2º tempo, o bom zagueiro Clairton cometeu pênalti infantil e o Segundão sofreu o empate. ´Perto do fim da partida, Maycon deu lugar a Antônio Nílton, que logo em jogada pela esquerda, chutou forte e no rebote do goleiro, Jocildo entrou com bola  e tudo no gol e  decretou a vitória por 2 x 1.

            Já o 1º quadro que em 2012 quase só empatava, também reencontrou o caminho da vitória. O jogo começou bastante equilibrado com os dois times buscando o gol mas sem sucesso, até que em uma cobrança de falta feita por Rodrigo, Maycon mais uma vez mostra sua boa colocação na área e abre o placar para o Confiança. Ainda no 1º tempo, o árbitro enventou um pênalti para o time da casa, só que o atacante da Portuguesa chutou pra fora. Pouco tempo depois, o lateral Wendell dominou mal a bola e sobrou para o atacante da portuguesa empatar. No 2º tempo, o Confiança voltou com mais vontade e em boa jogada de Fábio Bala, Antônio Nílton ganhou na velocidade e na saída do goleiro, tocou para Maycon marcar mais um, só que o árbitro marcou impedimento inexistente, onde os próprios adversários discordaram dele. Mas novamente em boa jogada de Fábio, Antônio Nílton aproveitou sua velocidade e chrgou antes do goleiro e marcou  o segundo do Confiança, dando a vitória para o Confiança por 2 x 1.

Confiança:

1. Salvino

2. Mauricélio ( Marcos )

3. André ( Rodrigão )

4. Clairton

6. Wendell

5. Jaiano ( Taiano )

8. Raimundinho

10. Rodrigo

11. Maycon

9. Fábio Bala

7. Antônio Nílton

                                              Téc.: Cláudio Valério

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Confiança vence apenas a partida principal

                 Neste último domingo, dia 29 de janeiro, o Confiança, da Unha de Gato, se deslocou até o Sítio Varas e viveu mais uma tarde de futebol, agradável, apesar de só a equipe principal ter vencido. O Terceirinho que vinha de derrota para o CRB, em seus próprios domínios, mais uma vez não encontrou seu bom futebol como de costume e sofreu sua segunda derrota consecutiva, coisa que não acontecia a muito tempo. Sem ter uma dupla de zaga formada, o Terceirinho vem sofrendo bastante com isso e vem deixando o técnico Zé Lobo bastante irritado, para ele, esse  é talvez  um dos motivos para que tenha tantas derrotas, pois ainda não conseguiu um companheiro para o vetarano Adir, que já tem quase 60 anos, mas ainda joga um bom futebol. Nem mesmo com  as mudança feitas no segundo tempo, com Rodrigo e Jaiano, entrando em lugares de Adriano e Rodrigo Carvalho, o time foi capaz de encontrar seu bom futebol, só conseguiu um golzinho num pênalti inexistente, convertido por Rodrigo e assim terminou em 3 a 1, para o Fluminense.

                 Já o segundo quadro jogou um bom futebol, de bons toques de bola, mas teve a infelicidade de levar um gol no início do jogo, numa falha bisonha da defesa do Confiança, onde a bola estava dominada pela zaga do Confiança que acabou batendo cabeça e deixou a bola de graça para o adversário marcar. Com isso O Segundão teve que correr atraz, mas nada deu certo, apesar de ter dominado a partida, não concluia as jogadas em gol e, para piorar, no final, mais uma vez, a defesa bate cabeça e deixa a bola livre para o adversário marcar e assim terminar o placar em 2 a 0.

                 O primeiro quadro, que vinha de um empate em 1 a 1, frente a equipe do CRB, fez uma partida extraordinária, jogando um futebol de alto nível, onde há muito tempo não joga uma partida com tanta qualidade e futebol bem jogado. Quando a partida estava bem equilibrado o Fluminense, das Varas(time da casa), abriu o placar. Poucos minutos depois, o árbitro deixou de marcar um recuo de bola para o goleiro, a favor do Confiança, provacando assim uma confusão, o meia Vaguinho saiu de sua calma e mansidão e foi para cima do árbitro reclamando acintosamente e acabou sendo expulso. O técnico Cláudio Valério, tirou seu time de campo, mas voltou a trás e a partida recomeçou e com o Confiança jogando muito. Pouco tempo depois, o árbitro expulsou também um jogador do Flu. Com iguldade numérica, o Confiança foi para cima e não demorou muito para empatou, o lateral-esquerdo Wendell, que foi um dos melhores em campo, ganhou na velocidade, driblou o marcador e da linha-de-fundo cruzou para Edigar empatar. Como o jogo era bastante disputado por parte das duas equipes, o Flu desempatou, em completo impedimento, mas o árbitro validou. Ainda no 1º tempo, o zagueiro Marcos saiu machucado e foi substituído pelo bom garoto Jaiano, que foi para o meio e Raimundinho voltou pra zaga. Minutos depois, em boa jogada, o meia Rodrigo, um dos destques, empatou novamente e, assim deixando tudo igual na etapa inicial. No intervalo, Cláudio Válério, sacou o lateral-direito Miguel e colocou Taiano, com a substituição, Taiano trocou de posição com o irmão-gêmeo Jaiano, com isso deram muita movimentação ao meio-campo e laterais e o Confiança tomou conta do jogo e o inspirado Edigar, colocou o time do Confiança em vantagem, marcando mais dois gol e fazendo 4 a 2. O jogo se tornava tão fácil que o Confiança poderia ter feito mais se tivessem caprichado um pouco mais. O lateral-eaquerdo Wendell, puxou um cotra-ataque rápido e teve tudo pra ampliar para cinco a dois, mas se precipitou e bateu fraquinho, facilitando a defesa do goleiro. O fluminense ainda fez mais um e teve tudo para empatar num pênalti inexistente, mas o cobrador mandou para longe do gol e assim terminou em 4 a 3, para o Confiança.

 

CONFIANÇA:

1. Salvino

2. Miguel ( Taiano)

3. Marcos  ( Jaiano)

4. Clairton

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Jocildo

10. Vaguinho

11. Rodrigo

14. Galego

9. Edigar                         Téc.: Cláudio Valério

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Confiança  x  CRB

Dia 22/01/2012

CONFIANÇA DÁ SHOW NO RIACHO VERDE

 

O Confiança, da Unha de Gato, visitou o São Jorge, do Riacho Verde, neste último domingo e, teve um bom desempenho nos três quadros, a começar pelo Terceirinho, que mais uma vez fez boa partida. O jogo começou com o time da casa pressionando, mas logo os visitantes equilibraram o jogo e Maycon abriu o placar, daí o Tercerinho passou a mandar no jogo, e quando era melhor, sofreu o gol de empate, numa combrança de falta, apesar do gol irregular, mas árbitro fez vista grossa. No segundo tempo, o técnico Zé Lobo, fez várias mudanças, reforçou a marcação e ganhou criatividade no meio-campo. Sem sofrer qualquer perigo de gol, o time de Zé Lobo foi pra cima e de novo Maycon fez boa jogada e fez o gol da vitória. O próprio Maycon ainda teve outra bela chance de ampliar, mas preferiu tocar para o garoto Antônio Carlos, mas o passe não saiu legal e o goleiro chegou mais rápido. Jaiano que entrou na etapa final, também perdeu um gol praticamente feito assim o jogo terminou com vitória do Terceirinho do Confiança por 2 a 1.

DSC00747Antônio Carlos, atacante do 3º Quadro.

O Segundão, comandado por Valdeni, voltou a jogar seu bom futebol de toques de bola e muita movimentação. Desde o início da partida, o time vistante mandava no jogo. Logo aos 10 minutos de partida, em uma jogada bastante trabalhada, Taiano recebeu na área e  em grande estilo marcou um golaço. Mesmo sendo dono absoluto do jogo, o Segundão sofreu o gol de empate ainda no primeiro tempo, numa falha do goleiro Antônio Nílton. No segundo tempo, a equipe visitante continuou mandando no jogo mas não conseguia marcar. Quando tudo parecia terminar empatado, o meia Jéfferson, fez um lançamento extra-ordinário de logo distância, o bom atacante Bruno, dominou com perfeição ganhou do zagueiro e tocou para Maycon, que apareceu em velocidade e deu a vitória ao Segundo do Confiança. O Segundo quadro, do Confiança, vem jogando um bom futebol a muito tempo e raramente perde.

DSC00750Jaiano, meia do 2º Quadro.

 

O primeiro quadro, a muito tempo não encontrava tanta facilidade para jogar, com um time bem armado e com uma defesa bastante segura, apesar de um dos zagueiros ter a penas 14 anos, mas até o momento em que esteve em campo, não deixou a desejar. Com uma defesa muito fraca por parte do adversário, dava-se impressão de que o time visitante golearia sem dificuldade, aos 19 min. num bate-rebate, Vaguinho aproveitou a sobra e abriu o placar para o Confiança. Depois de uma jogada pela direita, o atacante Antônio Nílton, teve que deixar o campo, sentino muitas dores, em seu lugar, entrou o garoto Taiano, deslocando o meia Rodrigo para o ataque, que minutos depois fez ótima jogada e deixou Fábio Bala na cara do gol, o goleiro fez bela defesa, mas no rebote, Fábio concluiu e assim terminava o primeiro tempo em 2 a 0. No segundo tempo, o jogo estava muito fácil para o Confiança, com jogadas rápidas pelo o meio e a velocidade de Fábio Bala pela direita, o time abusou de perder gols, com Fábio por diversas vezes e Rodrigo. Mas como quem não faz, leva, o time da casa diminuiu e no final do jogo, veio um balde de água fria, numa falha do bom goleiro Jéfferson, o time da casa empatou. O time do Confiança foi visivelmente prejudicado pelo árbitro que parava o ataque do Confiança a todo momento, enquanto que  o mesmo não acontecia com o time da casa, é tanto que o gol de empate estava impedido, mas ele nada marcou.

DSC007511º Quadro do Confiança no Riacho Verde.

CONFIANÇA:

1. Jéfferson

2. Mauricélio

3. André ( Jaiano )

4. Eliano

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Edigar

10. Vaguinho ( Bruno )

11. Rodrigo

7. Antônio Nílton ( Taiano)

13. Fábio Bala

 

Técnico: Cláudio Valério

sábado, 14 de janeiro de 2012

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Confiança faz um péssimo primeiro tempo e não vence a Ponte do Brejo

Depois de mais de um mês fora dos campos, o Confiança, da Unha de Gato voltou as suas atividades neste último domingo, dia 08 de janeiro, diante da Ponte Preta, do Brejo. O Terceirinho comandado por Zé Lobo, teve uma boa atuação.  Sua última partida teria sido justamente contra a Ponte, onde teria sido derrotado por 2 a 0. Mas desta vez o Terceirinho conseguiu dar o troco e até com um placar maior, 3 a 1. Com grande partida do garoto Antônio Carlos, de 13 anos,  a vitória veio sem muita dificuldade, logo aos 12 minutos de partida, Antônio Carlos recebeu de costa para o gol, dentro da pequena área, girou e bateu no contra-pé do goleiro para fazer 1 a 0; pouco tempo depois, num bate-rebate na área de novo estava ele, Antônio Carlos para ampliar para 2 a 0. Os gols eram mesmo familiar, ainda no 1º tempo, Agacion que é tio do garoto marcou o 3º, e assim o 1º tempo terminou em 3 a 0. No intervalo, Zé Lobo fez algumas mudanças,uma delas foi a troca do  meia Wendell pelo  o outro meia, Rodrigo, que a muito tempo não jogava, logo que Rodrigo tocou na bola, teve ótima chance de fazer o 4º gol, driblou toda defesa, mas demou concluir e foi travado na hora do chute. As mudanças parecem não ter sortido efeito, mas é que o time adversário também fez muitas  mudanças e o time Ponte Pretano diminuiu para 3 a 1, placar do jogo.

O Segundão que também teria jogado sua última partida com a Ponte, era o único que não havia perdido, tinha empatado em 1 a 1. Desta vez reecontrou o seu bom futebol, de toque de bola e jogadas rápidas. No primeiro tempo, o zagueiro da Ponte, abriu o placar, para o Confiança, num gol contra. Ainda no 1º tempo, o goleiro Antônio Nílton, saiu jogando mal e tocou nos pés do atacante Maycon, que dominou e bateu por cima, de fora da área fazendo um golaço. Ainda no 1º tempo, o árbitro Cláudio Valério que teve uma atuação desastrosa, deixou de marcar um pênalti claro em cima de Maycon, sem contar que ele deixou o jogo correr solto e os  adversários bateram como quiseram. No segundo tempo, o jogo se tornou muito equilibrado, numa falha do zagueiro Ândrio, a ponte conseguiu diminuir e quase empata, numa bobeira do goleiro Paulo Henrique, que quis driblar o adversário e acabou perdendo a bola, mas Ândrio que havia falhado momentos antes, salvou o gol de empate e, assim terminou em 2 a 1.

Já o primeiro quadro, que havia perdido por 6 a 5, para a Ponte, em jogo de muitos gols, por conta que o Confiança jogava sem goleiro, apenas com um zagueiro no gol, desta vez não foi possível devolver a derrota, pois o Confiança teve um 1º tempo terrível, onde quase só assistiu o adversário jogar e, numa falha do garoto André de 14 anos, a Ponte abriu o placar. Mesmo jogando muito mal, o Confiança teve tudo para marcar, com Paulo Henrique que chutou para fora. Depois marcou um gol legítimo, mas o árbitro preferiu não dar vantagem e sim marcar falta, prejudicando o time da casa. Ainda no 1º tempo, Paulo Henrique obrigou Antônio Nílton fazer grande defesa e garantir o placar de 1 a 0, da etapa inicial. No 2º tempo, a Ponte Preta teve tudo para ampliar para 2 a 0, quando o árbitro Ândrio, marcou pênalti a favor da Ponte, mas o goleiro Jéfferson fez dois milagres seguidos, defendendo o pênalti e o rebote quase debaixo do gol.  Com isso o Confiança resolveu acordar e os laterais Wendell e Mauricélio, estragaram com a partida e a Ponte Preta fez o que o Confiança havia feito no 1º tempo, assistir o adversário jogar e depois de uma cobrança de escanteio, num bate-rebate, Vaguinho empatou; e o Confiança não virou momentos depois porque o erro  de arbitrgem do 1º tempo se repetiu, de novo Paulo Henrique saiu na cara do gol, depois de sofrer falta, mas o árbitro paralisou e deu falta, mais uma vez prejudicando os donos da casa. E assim o jogo terminou empatado em 1 a 1.

CONFIANÇA:

1. Jéfferson

2. Mauricélio

3. Marcos ( Clairton)

4. André

6. Wendell

5. Raimundinho

8. Edigar

10. Vaguinho

11. Rodrigo

7. Paulo Henrique

9. Carlinhos                                            Téc.: Cláudio Valério                 Árbitro: Salvino (Ândrio)

 

terça-feira, 3 de janeiro de 2012